top of page
  • Foto do escritorTraddutz

Só se fala sobre o ChatGPT, mas você sabe o que 'GPT' significa?

Atualizado: 26 de mar. de 2023


Você já deve ter sentido isso: parece que o mundo todo só quer falar de um assunto: as maravilhas e os impactos do Chat GPT, a ferramenta independente da OpenAI (AI é a sigla em inglês para Inteligência Artificial, equivalente à nossa IA) com centenas de milhões de usuários. Mas você sabe o que significa a sigla GPT, do nome da tecnologia?


Um pouco de contexto: o Chat GPT-3 foi lançado em novembro de 2022. Em dezembro, tinha mais de 1 milhão de usuários. Em janeiro de 2023, esse número passou de 100 milhões, mostrando quanta gente está maravilhada com a ferramenta. Mais do que isso, os números impressionam porque outras tecnologias demoraram mais para obter essa marca inicial:

  • ChatGPT: 1 milhão de usuários em apenas 5 dias

  • iPhone: 74 dias

  • Instagram: 2 meses e meio

  • Spotify: 5 meses

  • Facebook: 10 meses

  • Netflix: 3 anos e meio

A OpenAI é uma organização que se apresenta como sendo sem fins lucrativos, que tem recebido aportes financeiros para o desenvolvimento da tecnologia.


O que o Chat GPT faz, sendo uma espécie de chatbot, um algoritmo baseado em IA, é tentar simular uma conversação humana. Mas a ferramenta vai muito além disso, se alimentando de informações coletadas na internet para formar seu banco de dados e responder a partir de padrões e no cruzamento das informações. Entre as tarefas que o "robô" pode fazer estão:

  • "escrever e debug programas de computador;

  • escrever contos de fadas;

  • redigir trabalhos escolares;

  • explicar temas complexos, como ciência, tecnologia, história etc.;

  • responder a testes (às vezes, dependendo do teste, num nível acima da média humana);

  • contar piadas;

  • preparar conteúdo para blog;

  • criar receitas;

  • sugerir filmes, séries e livros;

  • corrigir seus próprios erros

  • fazer perguntas complementares (como num diálogo);

  • entrar nos detalhes mais sutis de um determinado tópico;

  • emular o Linux...

E não para por aí, claro...


É assim que a OpenAI a descreve: um modelo treinado para interagir "de forma conversacional", com um formato de diálogo que "permite que o ChatGPT responda a perguntas, admita seus erros, conteste premissas incorretas e rejeite solicitações inadequadas".


Nova versão

O mais novo modelo da OpenIA, GPT-4, começou a funcionar na semana passada, no dia 14 de março -- e está disponível para usuários do ChatGPT Plus. A nova versão tem ferramentas que o Chat GPT-3 não conseguia fazer:

  • transformar um desenho num papel em um site funcional em minutos;

  • explicar piadas;

  • tornar ainda mais fácil a programação para desenvolver jogos e apps;

  • ter um melhor desempenho em exames considerados difíceis;

  • fornecer respostas mais precisas, com informações mais confiáveis e detalhadas;

  • simplificar o trabalho em diversas áreas.

De onde vem o 'GPT' do Chat GPT?

Mas o que nem todo mundo parece estar se perguntando é o significado da sigla escolhida para dar nome ao Chat GPT. As origens da ferramenta remontam a 2018, quando a primeira versão da plataforma principal da OpenAI foi lançada.


Essa primeira versão era chamada de Generative Pre-Trained Transformer, ou... GPT! Em português, seria algo como "Transformador Pré-treinado Generativo", o que faz referência às tecnologias de machine learning (aprendizado de máquina) e deep learning (aprendizagem profunda). Ou seja: quanto mais é usado, mais aprende e mais se desenvolve.


Mas não basta apenas fazer a tradução do texto. Dissecando a sigla, temos:

  1. Generative (generativo), que é definido em português como "o que gera ou tem a propriedade de gerar; que é capaz de gerar o conjunto infinito das frases de uma língua por meio da aplicação de um conjunto finito de regras". "A IA generativa está sendo utilizada para desenvolver, prototipar, debater e impactar os mais diversos setores", explica Rony Vainzof, coordenador de pós-graduação em Direito Digital da Escola Paulista de Direito. Segundo ele, a IA generativa "traz a tecnologia para um domínio antes reservado aos humanos: a criatividade".

  2. Pre-Trained (pré-treinado), que se refere ao aprendizado contínuo, também explica que se trata de um modelo que foi abastecido com uma grande quantidade de informações disponíveis na internet, de forma que tenha bom desempenho em diferentes tarefas de processamento de linguagem natural. O poder da tecnologia vem de um "modelo de treinamento exclusivo, conhecido como Reinforcement Learning from Human Feedback [Aprendizagem por Reforço com Feedback Humano, RLHF na sigla em inglês]", escreve Cameron Cashman. "É um método que envolve a execução de uma interação de chatbot entre dois humanos que em seguida alimenta sua transcrição para análise da IA".

  3. Transformer (transformador): embora tenha essa tradução, "Transformer", é também o nome de uma rede neural projetada especialmente para lidar com textos, na qual a arquitetura do Chat GPT se baseia.

Na próxima vez que você falar sobre o Chat GPT, o que deve acontecer muito em breve, já poderá dizer que sabe o significado de cada letra na sigla! E pode lembrar de dizer que você aprendeu tudo isso com uma empresa de tradução!

206 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page